Como Ser Um Professor Inclusivo: Desafios Da Educação Especial

Todo bom professor sabe como controlas sua sala de aula, conhece bem seus alunos e consegue dar qualquer aula com eficiência. Na maioria das vezes, o professor encontrará barreiras como pequenas dificuldades de compreensão que logo serão sanadas, mas em salas de aula com alunos especiais, as barreiras serão ainda maiores do que apenas dificuldades intelectuais.

Professor inclusivo é aquele que prepara a sala de aula para alunos especiais, oferecendo espaço para locomoção, integrando o aluno ao convívio e relacionamento com outros alunos que não possuam deficiência e que vencem os próprios preconceitos na busca de um mundo mais igualitário. Veja neste artigo, algumas dicas de como ser um professor inclusivo e os desafios da educação especial.

FBV Cursos
FBV Cursos

Escola Para Todos

No Brasil, o MEC- Ministério da Educação, incentiva e nos últimos 20 anos, vem propondo as escolas a abertura de suas portas para pessoas com todos os tipos de deficiência. Muitas escolas possuem rampas de acesso para cadeirantes, banheiros especiais com barras e maiores para crianças e jovens com dificuldade de locomoção, além de professores com conhecimento de libras e até braile.

Infelizmente a maior parte das instituições ainda não possuem todo esse aparato, o que dificulta a integração de muitos alunos especiais nas escolas de ensino comum, nesse caso, estes são obrigados buscarem alternativas em escolas com ensino especializado, o que nem sempre é uma tarefa fácil, já que são poucas instituições e com preços elevados.

É preciso que as escolas tenham condições de atuarem no cuidado de ensinar crianças e jovens especiais, com professores preparados e uma estrutura completa e que traga segurança e liberdade a esses alunos, que só querem e precisam ser queridos, respeitados e terem o direito de aprenderem como qualquer pessoa.   

Professores Preparados Para As Diferenças

Professores de qualquer nível, precisam saber além da pedagogia comum e fazerem aulas especiais que facilite a comunicação e interação com todos alunos, principalmente os especiais. Libras e braile deveriam ser obrigatórios no currículo de um professor, pois ao se deparar com um aluno cego ou surdo, este não só conseguirá se comunicar com ele, como tratará de todas as aulas com muito mais facilidade e conseguirá ser uma ponte entre o aluno e seus colegas, ainda mais em salas e escolas onde são poucos os alunos especiais.

Além disso, os professores devem estar preparados para vencerem suas próprias limitações, preconceitos e crenças, se abrindo ao novo e se permitindo conhecer melhor a vida e as dificuldades dos alunos especiais, podendo auxiliá-los além da sala de aula e se tornando um influenciador em suas vidas e tornando a sala em uma área 100% inclusiva.

Seja um professor que respeita o ritmo de aprendizagem de cada aluno

Alunos especiais podem ter vários tipos de dificuldades, e sem dúvida o maior desafio é quando essa dificuldade é intelectual, ou seja, a criança não consegue aprender com a mesma facilidade e rapidez do que seus colegas de classe.

É neste momento que o professor é mais do que fundamental, pois deverá ter paciência e respeito pelo aluno e incentivá-lo a aprender e continuar neste processo, não o deixando desistir e tendo o cuidado de repetir quantas vezes for necessária a lição até ele aprender e fazer junto com ele as lições até ele conseguir mobilidade sozinho.

Não Admita O Bullying

Muitos professores preferem não interferir nos problemas pessoais dos alunos, e muitas vezes faz ´´vista grossa“ quanto ao bullying feito contra alunos especiais. Não permita em hipótese alguma esse tipo de atitude dentro de sala de aula e procure saber se o aluno sofre com piadas e provocações fora da sala de aula.

Comunique a família do aluno e sempre que possível, tenha conversas abertas com todos os alunos, de modo a mostrar que o Bullying é crime e não pode ser de nenhuma maneira aceito e tolerado em qualquer esfera da sociedade, mas sim o amor e respeito de todos uns com os outros, independentemente de suas diferenças.

Bullying
Bullying

Como Se Qualificar para Ser Um Professor Inclusivo?

A FBV Cursos é uma escola online que oferece diversos cursos gratuitos e com certificação, para que profissionais de vários ramos de atuação possam ter melhor qualificação.

Para os professores de salas de aula inclusivas e que buscam melhorar seu conhecimento e preparo para o desafio de ter alunos especiais, a FBV Cursos oferece os cursos Fundamentos da Educação Especial, Des. Da Pessoa com Síndrome de Down e Deficiência Intelectual.

Além destes, cursos como Bullying e Libras, são outros cursos livres e excelentes para qualquer professor que busca estar pronto para ensinar alunos especiais e ser um educador mais completo. Acesse agora a FBV Cursos e conheça cada curso e matricule-se já!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *